• Rua Mathias Velho, 266 | Canoas-RS
  • 51 3059 • 9188
  • 51 9 9299 • 9188
  • Rua Mathias Velho, 266 | Canoas-RS
  • 51 3059 • 9188
  • 51 9 9299 • 9188

Afinal, o que é e como funciona a cirurgia íntima?

Cada vez mais se fala em cirurgia íntima como uma opção para aumentar a autoestima das mulheres. O Brasil é recordista no número de procedimentos e supera países como Estados Unidos, por exemplo – em 2016, foram registradas mais de 25 mil cirurgias, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).  

Mas, afinal, o que é a cirurgia íntima? Como ela é feita, como é o pós-operatório e o que se pode esperar dos resultados?

O que é

A cirurgia íntima, também conhecida como labioplastia ou ninfoplastia, é o procedimento de retirada do excesso de mucosa dos pequenos lábios vaginais. 

Quando os pequenos lábios estão maiores que os grandes lábios, as mulheres podem se sentir desconfortáveis com a aparência da genitália. Além disso, casos de hipertrofia ou assimetria dos pequenos lábios também são candidatos à cirurgia íntima. 

Pacientes que procuram a labioplastia costumam relatar que sentem vergonha ao usar roupas de banho ou muito justas, além de dificuldade de se sentir confortável durante a relação sexual e inclusive dores durante as relações. 

Devido à dificuldade na higienização, mulheres com pequenos lábios protusos estão mais propensas a contrair infecções, sendo candidíase a mais comum.

Como funciona

A labioplastia de redução dos pequenos lábios é feita com anestesia local e sedação. O procedimento, que pode ser realizado com bisturi ou laser, dura de 40 minutos a uma hora e a sutura é feita com fios absorvíveis, que dispensam a retirada dos pontos.

O procedimento é ambulatorial, ou seja, a paciente vai para casa no mesmo dia da cirurgia.

O pós-operatório é extremamente tranquilo. A mulher pode sentar normalmente, mas deve evitar roupas justas demais, prática de exercícios físicos e relações sexuais pelo menos durante o primeiro mês. 

A labioplastia não costuma deixar hematomas, mas há um leve inchaço. O médico costuma receitar analgésicos comuns. Resultados parciais aparecem após 30 dias; resultados definitivos demoram 90 dias. 

Atenção!

Em determinados casos, a labioplastia é contra indicada: o procedimento não deve ser realizado em mulheres grávidas ou que estão amamentando, mulheres com problemas de pele ou doenças infecciosas na região íntima e pacientes com problemas de cicatrização e/ou coagulação ou doenças cardiovasculares. 

A cirurgia íntima também não deve ser realizada logo antes ou durante o período menstrual.

Alguns dos riscos da labioplastia incluem má cicatrização, irregularidade dos lábios, perda momentânea de sensibilidade, infecção, abertura dos pontos e cicatriz. 

Por isso é tão importante prestar atenção no cirurgião escolhido para realizar o procedimento. É fundamental conhecer o histórico do profissional, tirar todas as dúvidas e se sentir segura nas mãos do médico. Lembre-se disso!

Estou sempre à disposição para tirar dúvidas e te ajudar. Agende uma consulta pelo WhatsApp!

Fique BHEM+ próximo de nós através do Facebook, Instagram e YouTube

Um abraço,

Dr. Vinicius Russi – CRM 27010

COMPARTILHAR ESSE ARTIGO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A BHEM+ conta com estrutura referência em clínicas odontológicas e de cirurgia plástica: localização privilegiada (ao lado do Canoas Shopping Center), acessibilidade e tecnologia de ponta.

Somos BHEM+ interativos nas redes sociais! Acompanhe

Contato

  • 51 9 9299-1837
  • 51 3059-9188
  • contato@bhem.com.br
  • Rua Mathias Velho, 266 - Canoas - RS

A BHEM+ conta com estrutura referência em clínicas odontológicas e de cirurgia plástica: localização privilegiada (ao lado do Canoas Shopping Center), acessibilidade e tecnologia de ponta.

Somos BHEM+ interativos nas redes sociais! Acompanhe

Contato

  • 51 9 9299-1837
  • 51 3059-9188
  • contato@bhem.com.br
  • Rua Mathias Velho, 266 - Canoas - RS

© 2018 BHEM+ Feito com ♥ por Agência Primage